Serviço de coaching ajuda Personal Trainers a reter alunos

Personal Test Trainer-42Técnica auxilia adesão do aluno à prática de atividade física.

Cada pessoa tem uma motivação na hora de procurar um personal trainer. Uns querem emagrecer, outros querem bem-estar e há aqueles que precisam de um empurrãozinho profissional para se manter na rotina de atividades físicas porque, sozinhos, não conseguem. E uma das ferramentas que pode ajudar o personal trainer a reter esse cliente é justamente a técnica do coaching.
O personal trainer Rafael Lago, da Test Trainer, explica que o coaching é um processo de conversa no qual o coacher ajuda o cliente a definir metas plausíveis e alcançá-las. “A hora mais oportuna de dar início a uma sessão de coaching é na avaliação física, porque ele está conhecendo o aluno, descobrindo seus pontos fracos e fortes, o que o motiva e quais são os fatores intrínsecos dele”, ensina, lembrando que, diferente do que acontece no coaching corporativo, quando aplicado na educação física, o processo de coaching acontece durante as aulas, sem necessariamente ter que parar o aluno e avisá-lo de que está fazendo uma sessão.

Ivan de Marco tem mais de 17 anos de experiência como personal trainer e também é diretor da Escola de Inovações e Serviços (EISE) em São Paulo, é life coacher e hipnoterapeuta e conta que o coaching ajuda a estabelecer e realizar metas para que haja uma mudança de vida do momento em que tem início adiante. “Por isso é diferente de terapia. Terapia quer ver o passado, entender o que aconteceu para compreender quem é você. Nós trabalhamos com avaliação, metas, registros, o coacher dá o patrocínio emocional para a pessoa seguir em frente.”

Vantagens para o aluno e para o personal

Ao contratar os serviços de um personal trainer que também é coacher, o cliente tem como benefícios o suporte de alguém que tem conhecimentos específicos sobre o comportamento humano para ajudá-lo a não desistir de seu propósito, seja ele emagrecer ou melhorar a saúde. Além disso, o personal vai poder entender quais são as reais motivações daquele cliente para poder estimulá-lo: “a gente entende que a motivação é algo cíclico e pode contemplar isso no treino”, destaca de Marco.

Outro diferencial é que o treino vai poder ser mais focado de acordo com a personalidade do cliente, pois o personal vai poder analisar com mais critérios características que indicam se ele gosta de atividades solitárias ou em grupo, se é mais ou menos sociável, se gosta de surpresas ou de ter o controle da situação, para construir o treinamento em conjunto com o aluno. “O profissional de educação física que conhece o processo de coaching vai saber usar as habilidades de comunicação e as ferramentas dessa técnica dentro do treino e vender isso como um extra, porque um dos principais fatores motivacionais que levam à procura desse profissional é o fato de o aluno brigar com o sedentarismo e já ter tentado fazer academia antes e, ao saber que o coaching pode trabalhar seu lado comportamental vai ajudar na adesão ao programa de exercícios”, conta o palestrante.

O aluno também nota que um diferencial do personal trainer especializado em coaching está no fato de ele se preocupar com outros aspectos de sua vida que vão além do treinamento, mas que podem influenciá-lo, como saber como andam suas relações interpessoais, como é sua alimentação e até mesmo se ele tem dormido bem. Ao lidar com essas questões, aplicadas na atividade física, as melhoras passam a ser sentidas não apenas no corpo, que fica mais forte, magro e condicionado, mas também em outros âmbitos da vida, como a autoestima, os relacionamentos, o humor e até mesmo o desempenho no trabalho.

Prepare-se

Para se tornar um coacher, o profissional de educação física pode buscar cursos especializados em instituições reconhecidas no Brasil ou no exterior. Rafael Lago destaca ainda cursos rápidos em grandes universidades como opções para quem quer aprender sobre o assunto, sem ter um certificado específico, além de estudar a literatura sobre o coaching. “O curso é muito bom porque você passa a enxergar algumas coisas que antes não via ou que fazia de forma aleatória. O bom profissional sempre vai trabalhar com metas e motivações, mas o coaching vai agregar mais valor ao seu trabalho e te ajudar a organizar isso de forma mais específica no dia a dia”, propõe.

Ivan de Marco diz que sentia falta de um curso específico de coaching para profissionais de educação física no Brasil e, por isso, tomou a liberdade de começar esses cursos, ressaltando que eles não certificam o profissional como coacher, mas transmite informações e experiências durante um fim de semana para que o personal trainer saiba como aplicar as ferramentas do coaching no seu dia a dia. “Acho bacana fazer esse tipo de curso porque a universidade só dá conhecimentos técnicos ao profissional. Acho que saímos com duas lacunas principais da faculdade: a parte administrativa, de gestão de carreira; e os conhecimentos sobre comportamento humano, que também não vemos no mundo acadêmico.”

Fonte: Portal da Educação Física

Leia Também:

Personal Trainer e liderança

Franquia de serviço de personal trainer cresceu 70% em 2012

Gostou? Clique aqui e Curta nossa página do facebook e fique por dentro de todas novidades

Mini_Banner_Blog_3

Comments

comments

Uma ideia sobre “Serviço de coaching ajuda Personal Trainers a reter alunos

  1. Pingback: Pesquisa inédita detalha o perfil dos Personais Trainers no Brasil | Blog Test Trainer

Os comentários estão fechados.